sexta-feira, 12 de maio de 2017

LE MONDE DU SPETACLE - Exposition d'Art Postal à la Fête du Fil FRANCE

appel art postal, labastide rouairoux, festival, tarn, musée textile, artiste textile, loisirs créatifs, puces couturières, spectacles, peinture
art postal fête du fil 14 et 15 août 2017 thème le monde du spectacle


Maiores e melhores informações, acesse...

https://lafetedufil.jimdo.com/art-postal-de-la-f%C3%AAte-du-fil/

quarta-feira, 10 de maio de 2017

PERSISTÊNCIA - ENI ILIS...



Persistência

Eni llis

Estivesse a cobra num lago de areia, faria sinuosa sua trilha em silêncio.
Nenhum cúmplice além da brisa que levaria aqui e acolá um pouco de areia apagando o rastro da cobra. Ah que paciência a cobra precisa para fazer o mapa que nunca se conclui! Ela é paciente, porém. Começa continua retoma continua sua trilha em silêncio. Cabe-lhe fazer o mapa com o corpo que escorre sinuoso num lago de areia passeado pela brisa. Que mapa ela faz?
Quem lerá essa cartografia e onde chegará? Quem sabe e o que importa?

Eni Ilis - 1974 - Campinas - SP

http://enchendoestantes.blogspot.com.br/2017/05/persistencia.html

SEMANA MESTRE JUSTINO 2017 - REDENÇÃO DA SERRA/SP PROGRAMAÇÃO



        

      

segunda-feira, 8 de maio de 2017

FRIDETTA FREE ART CALLL - URUGUAY


POEMA E ILUSTRAÇÕES DE ENI ILIS EM INUTENSÍLIO


I
O dia passou
A feira acabou
Fiquei sem pastel
Não importa,
Olho para o céu
E nuvens caminham.
II
Folha solta que a brisa não leva
Fica a espera
encharca-se da atmosfera
folha solta que pesa
pesa
pesa
brisa vem e não leva
III
O tempo escorre
A atmosfera oprime
Palavras enxameando
Significados alheios riscando a consciência
IV
Presença como pedra
como bicho
pedra bicho
densidade imobilidade
sentir-se acuado cercado ameaçado
a imobilidade não permite a fuga
o estar em expectativa não permite ser só presença.
V
Pétalas na rua
Lágrimas de cor.
VI
Qual a idade da lágrima?
Veio tão de repente
Escorregou tão lisa.
Certamente,
Já sabia os caminhos,
Não precisou juntar-se a outras
A fazer mar
No olhar
Até que uma a empurra-se para…
VII
Olhei para o chão da praça
e encontrei tapete de renda.
Olhei para o céu da praça
e encontrei telhado de folhas.

Eni Ilis, Campinas — SP, 1974. Artista autodidata, com atuação no movimento de arte-postal.
Algumas exposições individuais e coletivas com obras da série GEOGRAFIAS INTERNAS. 
Selecionada em alguns salões de arte. Algumas artes:

https://revistainutensilio.com.br/cinco-ilustra%C3%A7%C3%B5es-e-um-poema-de-eni-ilis-4f9c9c4839a